Alimentação - Potencie o seu bronzeamento!

Alimentação: Potencie o Bronzeamento


Potenciar o Bronzeamento através da Alimentação


Com a chegada do tempo quente, surge a inabalável vontade de obter um bronzeado que não passe despercebido!

Para obter o tão ambicionado bronze é necessário ter cuidados com a pele, seja qual for o método de bronzeamento que escolher (bronzeamento natural, “jet bronze” ou solário). No caso de optar pelas idas à praia para obter o tom de pele desejado, além dos cuidados que deve ter com a exposição solar, pode igualmente escolher uma serie de alimentos para vão contribuir para o processo de bronzeamento.

Pois é, alguns alimentos são excelentes para a saúde da sua pele! Sabia?

A alimentação tem de facto uma influência muito importante na manutenção da nossa saúde em geral e também potencia a qualidade da nossa pele. Há um grupo de alimentos que devemos incluir na nossa alimentação diária quando buscamos os melhores gestos de cuidado para um bom funcionamento de todo o organismo.

De um modo geral devemos manter uma alimentação variada, rica em frutas, verduras e legumes, estes alimentos fornecem os minerais e vitaminas necessárias à manutenção da pele. Não devemos esquecer que para além dos alimentos, devemos ingerir boas quantidades diárias de líquidos (água, sumos naturais e chá) que vão ajudar a hidratar a pele, dando-lhe maior elasticidade.

No que concerne ao bronzeamento, também a alimentação pode ser uma boa aliada nessa “aventura”. Há uma variedade enorme de alimentos que ajudam a pele a atingir o tom bronzeado desejado e a prolongá-lo no tempo.

Uma boa alternativa às exposições solares alongadas e até perigosas, é incluir no nosso cardápio diário uma série de alimentos ricos em betacarotenos, vitamina A, vitamina E e flavonóides.

Em que alimentos encontramos os betacarotenos?

O betacaroteno é um pigmento carotenóide antioxidante que o nosso organismo consegue transformar em vitamina A, esta por sua vez tem a importante missão de impulsionar a produção da melanina. Este pigmento de cor acastanhada tem a função primodial de proteger a pele contra os raios solares. Com a exposição das pessoas ao sol, os melanócitos, local onde se forma a melanina, vão acelerar a sua acção obtendo-se assim o escurecimento da pele.

Para além disso, o facto dos betacarotenos  serem antioxidantes,  vão também prevenir o envelhecimento da mesma.

Encontramos este pigmento, por exemplo nos vegetais como o repolho, o agrião, o brócolo e o espinafre. Também existe em frutas como a cenoura, o mamão, a manga e a abóbora. Outros nutrientes que agem igualmente como antioxidantes são as laranjas, o caju e o abacaxi.

Além destes alimentos devemos incluir na nossa dieta, alimentos ricos em vitamina E pois também eles têm capacidade antioxidante. A vitamina E, é sem dúvida um poderoso antioxidante que actua contra o envelhecimento das células e é igualmente importante na manutenção do sistema nervoso. Como a exposição solar pode levar a um envelhecimento precoce da pele, para o evitar há que ingerir alimento ricos em vitamina E. Pode encontrar esta vitamina nos seguintes alimentos: nozes, sementes, grãos e os vegetais de folhas verdes como a alface e o agrião.

Além das vitaminas referidas podemos incluir na nossa alimentação os chamados flavonóides, que podem ser considerados pigmentos naturais e que têm como principal função a protecção contra os conhecidos agentes oxidantes: raios ultravioletas, agentes de poluição e substâncias químicas, todos eles presentes nos alimentos. No nosso organismo eles vão ser poderosos ajudantes na absorção de vitamina C e têm propriedades anti- inflamatórias. Estes flavonóides podem-se encontrar em chás, especialmente no chá verde e em outros alimentos como no tomate, nas uvas, nas cerejas, nas ameixas, na cebola e em outras frutas e vegetais.

A estes alimentos deve juntar-se a ingestão de líquidos em quantidade que pode variar entre 1,5L e 2L. Os líquidos são essenciais à hidratação da pele, têm igualmente um papel importante no funcionamento intestinal, na manutenção da temperatura corporal ideal, além de promoverem a revitalização das células, mucosas e pele mantendo a beleza natural da mesma.

No que concerne a esta relação alimentação vs bronzeamento terá de ter alguma atenção se a sua pele for muito branca, devendo-se nesses casos controlar a dose de betacarotenos que se ingerem para não correr o risco de atingir um tom de pele amarelado artificial.

De um modo geral e dependendo das características naturais da sua pele, verá bons resultados no que diz respeito ao bronzeamento se tiver atenção à sua alimentação, assim como, ganhará pontos na luta contra o envelhecimento precoce da pele. Uma alimentação equilibrada rica em vitaminas e flavonóides será uma excelente aliada na sua vida.

Deixadas as dicas  sobre a alimentação e a sua influência no bronzeamento da pele, toca a aplicar este conceito no seu dia-a-dia e verificar por si os resultados na sua pele.

Comentários recentes...